terça-feira, novembro 28, 2006

PEQUENAS VÍTIMAS

Eles são pequenos. Eles são frágeis. Eles são inocentes, mas mesmo não tendo culpa alguma, pagam pelos erros dos adultos.

Pagam um preço alto, pois não podem se defender sozinhos. Então, eles são explorados, humilhados, agredidos e violentados. No mundo perverso e cruel dos adultos, esses pequenos seres são alvo de preocupações que visam protegê-los: leis, tratados internacionais, conferências mundiais... mas, na maior parte das vezes tudo fica muito bonito... no papel!

Tanta preocupação em nome de uma suposta HUMANIDADE, mas no fundo, aos olhos dos grandes países do mundo, e até mesmo de países ditos "em desenvolvimento", como nosso caso, as crianças são menos valiosas do que o ouro negro que jorra das entranhas da terra, são menos importantes que as armas produzidas e exportadas para que seus pais possam se matar em guerras absurdas. Não merecem tanta preocupação quanto à economia, quanto ao câmbio, quanto às obras que rendem votos...

Esta vida ingrata - graças ao que poderiam fazer algo, mas quedam-se inertes - rouba-lhes a dignidade, e depois o que esperamos nós em troca? Afagos, carinhos, beijos? Ou a retribuição virá com o mal, com a violência, com a faca?

Qualquer governo do mundo que trata os infantes desta forma, esquece-se de que eles serão o futuro. Fingem não saber que eles estarão aqui amanhã, em nosso lugar...

Todos os dias uma criança uma criança é maltratada. Todos os dias uma criança, ao invés de estar na escola, está sendo explorada em algum semáforo. Todos os dias uma criança não se alimenta...Todos os dias um adulto que já foi uma criança maltratada, que já vendeu balas no semáforo, que não comeu, que não foi para a escola, furta, rouba, estupra e mata alguém...

Essas crianças são escravas de um mundo perverso e desigual. Escravas de um sistema que não se preocupa com eles. Crianças escravas do mal, do mal que os governantes fazem a elas!

Onde está o Governo? Estas pessoas Sr. Presidente não necessitam apenas das bolsas-esmola da vida. Os infantes precisam de escolas em período integral, com bons professores, com boa merenda. Precisam aprender um ofício, um trabalho honesto. Precisam de Hospitais, de saúde. Precisam de saneamento básico. Precisam sentir que fazem parte do mundo.

Onde estão nossos Congressistas? Certamente pensando em aumento salarial, ou em como dar o próximo desfalque, ao invés de preocuparem-se com questões importantes como essas...

Neste país desigual, no qual os homens do poder, preocupam-se apenas com interesses escusos, onde está a Dignidade?

Será que eles já tiveram a curiosidade de ler a Constituição e o Estatuto da Criança e do Adolescente?

Não ouvem eles os pedidos de socorro de nossas crianças, forçadas a trabalhar, a se prostituir?

Não ouvem eles o débil choro da fome, da inanição? Não vêem eles o olhar de desespero dos infantes na miséria?

Não conhecem eles a palavra solidariedade? E "misericórida" ? Será que já ouviram falar?

E “fazer o bem”? Não creio que saibam o que é esta expressão...

O bem para eles é algo que se possa administrar através de contas bancárias. Para estes chacais do governo e do congresso, "bem" é apenas sinônimo de propriedade...

A estes cães só posso desejar todo o "bem" que no inferno encontrarem...

30 comentários:

Defensor, O Maldito disse...

Saudações!
Em primeiro lugar para os que visitaram o blog ontem, tentei mudar o template, e cologar um novo, mas tive problemas de visualização, notadamente na porcaria do Internet Explorer (usado pela maioria, creio), então tive que voltar com o antigo. O engraçado é que no Opera e no Firefox ficou excelente! Aos que entenderem de HTML, e quiserem ajudar este Defensor com dicas, agradeço.

Em segundo lugar sobre este post, não é demagogia não. Uma das partes de meu trabalho envolve crianças e adolecentes, e a situação, devido a pobreza e marginalização é desoladora.
Abraços. Volto Sexta-feira.

Ricardo Rayol disse...

Amigão, não apareceu o novo template. Quanto ao post. Explorar e maltratar crianças é de uma covardia que só punindo com a morte. Isso me deixa fora do eixo de tão indignado.

Kafé Roceiro disse...

Bendito Maldito,
Não podemos nos esquecer que estamos tratando de uma situação que é um ciclo. Esses pais agressores de hoje, foram essas crianças exploradas, violentadas e massacradas de ontem, pelos seus pais, que sofreram na mão dos avós. O lance é que eles não têm chance de formar uma geração de mudança. Ex: Se esse filho agredido de hoje, começar a ter acesso a meios que o tornem ciente de tudo isso, seja inserido numa escola de base, com alimentação, resumindo todos os "Direitos Constitucionais que ele teria direito", isso iria mudar. O problema aí se encaixa lá naquele texto seu da Porta, lembra! Todo mundo acha que os direitos são favores do governo. Bem, falei pra caçamba. Acho o assunto muito polêmico, um descaso político...

Abraço amigo.

Fique bem dito....

Blogildo disse...

Assino embaixo do que o Rayol e o Kafe disseram. E acrescento: O problema é insolúvel. A miséria é uma indústria. Dia desses um economista - acho que do Quênia - dizia que a melhor ajuda para a África era interromper o envio de ajuda financeira.
Ele argumentava que o dinheiro que se arrecada nos países desenvolvidos e em desenvolvimento vão parar nos bolsos dos governantes e da elite africana. E esses governantes viram que o negócio é manter um grupo de famintos para continuar recebendo ajuda financeira.

Só acredito num governo: O Reino de Deus. Por que o dos homens, já era, cara!

Abraço e até sexta!

Alequites disse...

Salve todas as tuas palavras.

Fica aqui a revolta por tanta coisa errada e mostruosa que acontece diariamente.

Namastê!

Mestre Splinter disse...

Muito bom vídeo! Deveria ser apresentado em sessão solene lá na porra do congresso junto com esse teu texto corretíssimo! É sério! (terrorismo cultural?!) Pode ser que o problema da 'indústria da miséria' seja mesmo inssóluvel, como disse o Blogildo, mas quem sabe umas atitudes assim, digamos, pouco ortodoxas, não comecem fazer esses putos pegarem vergonha na cara?! É difícil, eu sei, mas me deixem ter esperança, é o que me sobra...só desse texto já estar aqui, na rede, disponível p'rá gente de todo lugar, já vale um monte...'Talvez um dia', como na canção América Latina, do Dante Ramon Ledesma...
Mas e eu que achei ontem que era a porcaria do MEU Explorer ratiando! Uso ele também e infelizmente html não é a minha área...É uma pena, tinha ficado bacana o Lobo...

Anônimo disse...

Emocionei-me muito com as imagens e com o teu texto. Expões realidades duras e cruas que, no conforto e na rotina do nosso dia-a-dia, esquecemos por completo.
Não consigo dizer muito mais. Gostaria, como tu, de ter a certeza que todas as crianças têm a oportunidade de sorrir e brincar...

Beijo grande.

Keila, a Loba disse...

Você sabe como fazer alguém chorar, meu amigo; e se esse choro não tiver elementos para mudar algumas coisas do mundo, ao menos terá como pano de fundo o respeito, a solidariedade e a certeza de que também trabalhamos para aumentar a miséria e o abandono no mundo.

Estou de volta, ao menos é o que sinto.

BeijUivoooooooooooooosssss da Loba

Blogue da Magui disse...

Em primeiro lugar , antes de dizer que é um absurdo prostituir crianças precisamos dizer que é um absurdo existirem homens que tenham a coragem de ter relações sexuais com meninas, pobres, dar uma mixaria para elas e sair com a conciência traquila.Precisamos combater toda e qualque protituição, todo e qualquer uso sem freios da sexualidade humana.Mas se vc disser isso será politicamente incorreta porque o sexo tem que ser tão livre que fazem campanha pelo uso da camisinha e para proteção da AIDS mas não tocam no assunto.Debocham dos castos, das virgens, dos quietos. Mesmo assim , que acho que avançamos.Melhorou muito.
Mudando de assunto:Estou convocando vc para participar e fazer uma campanha de adesão dos seus amigos para um blogagem coletiva no dia 01 de dezembro cujo título é " Edite a moda! Não deixe que ela te edite." Será um protesto pela ditadura da moda que está matando,enlouquecendo e prejudicando tanta gente.Pode ser em verso, prosa, desenho, charge.Como vc quiser.Conto com vc. Faça sua inscrição no blogue http://sessentaecinco.blogspot.com).Haverá um selo no dia primeiro. Pegue o seu no blogue htt://somagui.zip.net para vc colocar fixo no seu .Pode fazer sua inscrição lá também se quiser.

Vinicius disse...

E aí, blz?
Tá afim de ganhar uma grana extra?
Acessa www.unisucessos.blogspot.com
Se te interessar, entre em contato!
Abraço,
Vinicius

mac disse...

Quando alguém compra algo made in China, ou Tailândia ou Vietname, está a contribuir para a exploração do trabalho infantil.

David disse...

Perfeito, como sempre.

Vc deveria postar essas coisas lá no Ação e Razão, já que eu mesmo não dou conta de lá...

Mestre Splinter disse...

Aí, conseguiste ajeitar a imagem do Lobo, tri massa!

Ruby Sackville-Baggins disse...

Triste.

Independentemente do continente, do páis, desenvolvido ou em desenvolvimento, isto acontece. Está presente em toda a parte. Não é uma realidade de só alguns países.

Pois, e perguntamos nós porquê?!
Acho que respondeste muito bem a tudo isto. Mesmo que não altere nada, é bom que isto esteja presente no pensamento de cada um, é já um grande progresso, e com uma ajudinha do "caos", quem sabe! :)

Beijo

Emanuelle disse...

Li os comentários todos e acho que Kafé e Blogildo foram muito coerentes. Realmente a violência em qualquer nível, se não tiver um programa social alicerçado não vai acabar nunca com suas ramificações, seja no tráfico de crianças, violência doméstica, tráfico de drogas, enfim, são ciclos que podem ser irreversíveis e os governos "maquiavélicos", na essência mesmo de "O Príncipe", gostam disso mesmo!
Um beijo,
Emanuelle.

Emanuelle disse...

Meu querido Maldito,
As imagens para serem postadas não podem exceder o tamanho de aproximadamente 500 megapixels de largura. Quanto à altura tudo certo. qualquer altura vai. Mas o seu perfil desceu por que você tem imagem muito largas. Teria que reeditá-las. Se quiser posso ajudá-lo. Tenho um programinha muito bom! Beijos Manu.

Anônimo disse...

olá!
seja com palavras seja com musica ou imagens és sempre esmagador e estou certa que fazes um bom trabalho. afinal uma árvore na floresta pode n alterar a paisagem mas faz a diferença. Continuação e 1 sorriso luminoso.
Lana

}}cleopatra{{ disse...

Olá, boa noite!
O teu texto contém uma mensagem forte e bem verdadeira!
Enquanto houver gente que governa o mundo, pondo á frente de tudo os interesses económicos, não haverá paz para estas crianças, que amanhã serão os futuros adultos e serão eles a tomar conta dos destinos do mundo... do seu mundo!
Se esses adultos de amanhã, não tiverem educação, cuidados de saude condignas, meios de subsistência justas,enquanto crianças,não serão concerteza uns homens e mulheres capazes...

É uma questão muito séria e que diz respeito a todos nós!
Por isso e como dizes e muito bem..."A estes cães só posso desejar todo o "bem" que no inferno encontrarem..."
Indignação e revolta, é pouco para classificar tudo isto!!


Beijo soprado

Klatuu o embuçado disse...

Exacto. São sempre as primeiras vítimas das sociedades injustas... Há tempos seu conterrâneo Inominável Ser me falou aí do Brasil: «bailes funk», «dança das cadeiras», «políticos suspeitos de pedofilia», «prostituição de menores», etc.
Muita coisa há por fazer neste mundo de merda! E o seu País, pelo qual tenho um lógico afecto, me dá muito que pensar: um País que se tornou auto-suficiente em petróleo, e cujo Presidente gasta uma fortuna num avião presidencial para imitar os norte-americanos, enquanto os filhos e as filhas de sua nação morrem de fome, de doença e violência pelas ruas onde se prostituem!
Ouvi dizer que esse senhor Presidente é de esquerda e um democrata?!?!?!?!

Abraço.

P. S. Que Nação enorme poderia o Brasil ser... e para isso acho que bastariam alguns milhares de cidadãos dispostos a sacrificar as suas vidas por um Brasil diferente!
Não é impossível mudar, basta querer, basta sair para a rua... se com cartazes e palavras de ordem não der resultado... o melhor é sair logo... com metralhadoras e granadas!

....:::: Anonima ::::.... disse...

Cara...
É isso!
Infelismente é isso...
Você disse verdades que eu gostaria que fossem mentiras...

Enquanto isso...NA SALA DE JUSTIÇA... Deputados querem aumentar o salário em 100%!!!

Isso é revoltante...
Esse assunto é para longas datas...
Depois venho te visitar novamente...

Sorte Sempre!!!

Ricardo Rayol disse...

Ficou muito maneiro seu template. Agora sim tem a ver com você.

Anônimo disse...

Em toda sociedade origina-se o feto da miséria. Não há ricos sem pobres e vice-versa. Cabe aos governantes e a sociedade cuidar da educação, saúde, moradia e bem-estar de seus filhos, mas a ganância ainda é a grande geradora, a grande progenitora. A oferta ainda é muito além da procura, mas mesmo assim ela aliena com prestações a perder de vista, com juros idem.
Nesse eterno ciclo vivemos na ilusão de que um dia o mundo irá mudar.

Beijos estrelares.

o alquimista disse...

Texto esmagador meu amigo...a estupidez do ser humano não tem limites, é imortante denunciar,,,ajir...!


Abraço

david santos disse...

Defensor, olá!
Boas imagens e bons textos, adorei.

blog "SÓ VERDADES"

Parabéns e até sempre.

Ane Brasil disse...

Tõ assinando embaixo, rapá!
quem trabalha na assistência social, como eu, tá tão endurecido e tão embrutecido, que já nem pensa mais nessas coisas... se eu paro eu penso, se eu penso dói!
sorte e saúde pra todos! - sobretudo pra gurizada, que tá precisando!

Ester Beatriz disse...

Onde está Deus????
Porque algumas crianças precisam perder o direito de ter infância???
Triste realidade dolorosa...

Kiki Abdul disse...

um ciclo onde não se sabe onde começa nem termina... é muito triste!!
Gostei muito, voltarei!!

Anônimo disse...

Sou fã de criança seja ela preta ou branca não importa a sua raça, mas eu naõ posso fazer nada para ajudar esses anjinhos sozinha nem DEUS tem cupa do ser humano se tornar num mostro pois todos ja fomos criança sabemos o q elas sonham porque acabar com esse sonho tão cedo se quem é adulto somos nós, talvez sejamos os grandes culpados do sofrimento desses anjinho por não cobramos o suficiente a promesas daqueles q um dia precisaram de nosso voto para chegar onde chegaram. Se deixasemos o medo de lado e fossemos atras talvez poucas crianças estariam passando fome ou sedo maltrada pela sua propria familia mas como a justiça é porca fazer o q. Não sei como tem pessoas q consegue dizer naõ é comigo deixa pra lá nem sei o q dizer mas antes de terminar os estudo em 2005 fiz um trabalho sobre criança no trabalho , mal tradada, abandonada por ter nascido com defeito etc... foi muito legal minha apresentação mas vi q o que tentei mostra para as pessoas eram coisa verdadeiras mas muitas delas não se chocaram como eu nem mesmo as professoras é duro ter q adimiter q as pessoas agem assim...
Amei teu texto !

Cris

Cassi disse...

Gostei muito da sua mensagem,compartilho da sua indignação!

Françoise disse...

Admirei a sua vontade de expor essas ideias com a intenção de fazer as pessoas sentirem alguma coisa dentro delas (bem eu acho que foi a sua intenção)...
gostaria de ter essa capacidade ;)

Imagino que todos que lessem esse texto, se tornem mais capazes do que possam ser de por em prática alguma idéia sobre isso ^^, todos juntos podemos ter algum tipo de iniciativa contra toda essa barbaridade diária que se passam em nossas vidas.

E vi que você citou algo sobre você trabalhar contra esses atos do governo, e já vou ver o que você faz, e se eu posso ajudar atuando com algo do tipo ;)


Obrigada por suas idéias, e um grande abraço.