domingo, outubro 01, 2006

EPITÁFIO

Image Hosted by ImageShack.us

Que... não se saiba de minha morte

Nem se sofra por minha causa,

E que eu não seja enterrado em solo consagrado,

E que nenhum sacristão venha a dobrar o sino,

E que a ninguém se peça que veja meu cadáver,

E que ninguém me acompanhe em funeral,

E que não se plantem flores em minha sepultura,

E que ninguém me recorde,

A isso subscrevo.

Thomas Hardy, poeta e escritor inglês

2 comentários:

tina oiticica disse...

Estou contigo. Depis que morrer não quero nada pois de nada serve. Quem me quer que me queira enquanto viva com meus sentidos e corpo e mente.

vera disse...

ENTÃO VIVA!! RUMEMOS PARA O SEGUNDO TURNO PORQUE: ESSA LUTA É DE TODO BRASILEIRO QUE SENTE VERGONHA E HUMILHAÇÃO DE SER BRASILEIRO. QUEREMOS UM PRESIDENTE DECENTE, GERALDO NELLES! :-) BJS